Na manhã desta terça-feira (30), a tão sonhada Escola Cecília Meireles, localizada no bairro Sol do Cerrado, inaugurada há apenas um dia, teve pelo menos 10 notebooks furtados nesta madrugada.

Segundo informações colhidas no local, os computadores ainda se encontravam em caixas, que estavam guardadas na secretaria. Logo cedo, assim que os colaboradores chegaram no recinto, perceberam que os equipamentos não estavam mais lá e passaram a buscar o que teria gerado tal desaparecimento.

Um dos servidores da escola relatou que há um vigilante que estava trabalhando no dia do furto e o mesmo, quando questionado sobre o que teria acontecido na noite anterior, respondeu que falaria apenas com o Delegado que investiga o caso.

A sala em que estavam os equipamentos que desapareceram não apresentava sinais de arrombamento e seus servidores acreditam que o meliante, ao forçar uma das janelas, conseguiu desprender a trava, dando acesso ao interior da escola.

Na sala onde encontravam-se os equipamentos existia cerca de 16 computadores, mas segundo os servidores, apenas 10 aparelhos sumiram, sendo registrado um boletim de ocorrência para que seja investigado o caso.

No momento, é muito importante a conscientização dos moradores do bairro para que desperte a necessidade de proteger e zelar pelo patrimônio público na comunidade, que veio para melhorar a vida de todos os estudantes da região. Vale salientar que a compra de produtos furtados também se enquadra como crime.